sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Primeiro Período (ou I Ato)

Referências
Apropriações
Inspirações
Leituras
Releituras
Provocações

       Posso ser sincera com você? Posso ser sincero com você? Você usa sempre o mesmo argumento? Que tipo de professor você é? Quantas doses de ansiolítico você ingere por dia? E para ser um aluno, como se comportar? E para ser um professor, como se comportar? - Ai! – Se você estiver no meio? Se você se sentir no meio? E se for mãe? Se você for pai? Orientador? Gostosa? Se for turista? Intelectual? DIRETORA! Se for Wikipédia?... E se você não se encaixa em nenhuma das alternativas? E se você quiser todas as alternativas? – Professores, professoras e suas variações docentes – bem-vindos à perpétua zona de investigação!
     Escolha um aluno e guie-o através dos cálculos e processos químicos. As atividades com ele serão exaustivamente freqüentes e formuladas e, futuramente, ele será chamado de “doutor”... Escolha o mesmo aluno e guie-o através de pensamentos e regras sintáticas; veja o que acontece: as atividades regadas à leitura e debates o encaminharão para ser chamado pela primeira ou pela última sílaba da sua profissão... Já decidiu o que seu aluno vai ser? – Um professor! – Ótimo! Agora ele aprenderá tudo sobre didática, PCNs, Lei de Diretrizes e Bases e vai notar estornos todo mês em seu contracheque.
    Sempre aprendi que para ser professor é preciso passar horas em pé, ser firme, (não pode adoecer!), vestir-se adequadamente sem demarcar a silhueta, ter voz alta e projetada, ouvir psicologicamente, ser ágil para atender mais de duas turmas ao mesmo tempo, gostar de greve e, de preferência, ser simpatizante de esquerda... É preciso passar horas em pé, ser firme – NÃO pode adoecer, ágil para atender (CRIATIVO!) mais de duas turmas ao mesmo tempo, (PROFESSOR!), ouvir psicologicamente (GREVISTA!), vestir-se adequadamente (TIO, TIA!) sem demarcar a silhueta, (CAXIAS!) ter voz alta e projetada (FURA-GREVE), ser forte (CHATO!), gostar de greve (PROFESSOR LINGÜIÇA!) e, de preferência, (ORIENTADOR! DOCENTE!) ser simpatizante de esquerda... É preciso passar horas em pé, ser firme, não adoecer...
    O que minha pele diz a respeito do que ensino?